Como lidar com a Culpa | O olhas das constelações familiares para a culpa

Como lidar com a culpa?

Todas as pessoas que você conhece – incluindo as mais estimadas – já erraram ou mesmo magoaram outras pessoas. Errar faz parte daquilo que somos, contudo, o que pode enobrecer a vida de uma pessoa é saber se colocar quando um erro é cometido, é saber lidar com a culpa.

“Se errar é humano, buscar a reparação é divino.”

Mário Sergio Cortella @cortellaoficial certa vez disse: “É corrigindo que se aprende”.

É isso mesmo, saber reparar os erros cometidos é um importante passo no processo de aprendizagem e crescimento pessoal. Venho compartilhar um olhar sistêmico para o tema Culpa e Reparação e quais passos podemos dar para reparar os erros que cometemos, para assim, superarmos os momentos difíceis, crescermos com o aprendizado e seguir para uma nova vida.

CULPA: AFINAL, O QUE É ?

Para Bert Hellinger, criador das constelações familiares, a culpa é o que move ou mantém o ser humano estagnado, através da culpa e da reparação é que relacionamentos se equilibram. A reparação da culpa é que faz a vida da pessoa ir para frente.

Se desejamos que algumas das áreas da nossa vida se desenvolvam, precisamos reconhecer se estamos emocionalmente maduros e realizando a reparação das culpas de uma forma assertiva.

DE ONDE VEM A CULPA?

Pelo olhar das constelações familiares, a culpa pode advir quando infringimos uma das leis sistêmicas ou mesmo quando a nossa consciência pessoal não dá conta de reparar o dano que foi feito.

NÃO SEI DE ONDE VEM A CULPA QUE SINTO

“Provavelmente você está em ressonância com algum agressor do seu sistema que não conseguiu reparar o dano.”

Para que você possa se livrar dessa culpa inconsciente o primeiro passo é trazer ela a consciência e identificar qual foi o dano não assumido e nas constelações familiares, devolver ao agressor a culpa que é dele.

ISSO PODE ESTAR TE MANTENDO ESTAGNADO

Bert Hellinger diz:

“Só há progresso quando sabemos lidar com a culpa”.

Saber lidar com a culpa é uma condição prévia para que a vida vá para frente, pois a vida só vai para frente quando assumimos riscos. Há risco em abrir um negócio, entrar e sair de relacionamentos, mudar de profissão e etc. Onde há risco há uma certa medida de dano que causamos para nós mesmos ou outras pessoas. 

Quando nos sentimos confortáveis com a reparação, nos sentimos à vontade em assumir riscos e consequentemente, conseguimos nos colocar em movimento para tratar dos nossos problemas e ir em direção a nossos desejos.



O QUE ACONTECE SE O OUTRO NÃO CONSEGUE RETRIBUIR?

No entanto, a reparação nem sempre é possível, em certas ocasiões a culpa é criada pelo desequilíbrio entre o dar e receber, quem dá em uma medida impossível de ser equilibrada, pode gerar no outro culpa e posteriormente raiva.

É por isso que algumas vezes as pessoas ajudadas se afastam, é preciso haver reciprocidade entre o dar e receber.

COMO ALIVIAR A CULPA NO RELACIONAMENTO?

“É importante dar para o outro algo que em algum momento ele possa se equiparar”.

É PRECISO MATURIDADE EMOCIONAL PARA REPARAR OS ERROS COMETIDOS

“Agressores que não reconhecem os danos que causaram aos outros são imaturos emocionalmente.”

Não espere reparação de uma pessoa que é imatura emocionalmente, neste caso aprenda a fazer a autorreparação da culpa.

É PRECISO CORRIGIR PARA APRENDER

A reparação acontece quando nos corrigimos, se você incomoda outras pessoas por chegar atrasado aos seus compromissos, um ponto de partida para a reparação é começar a ser pontual. O bom uso da culpa faz com que cresçamos com nossos aprendizados.

É DE NOSSA RESPONSABILIDADE TRANSFORMAR AS NOSSAS HISTÓRIAS

Nós não somos responsáveis pelas culpas geradas pelos nossos antepassados, precisamos nos desidentificar e deixar as culpas deles com eles. No entanto, somos responsáveis por reparar o que for possível para nós para assim, deixar nossos descendentes liberados.

COMO SE POSICIONAR PARA O CULPADO?

Nos relacionamentos a vítima tem um papel muito importante na reparação, ela é que pode reivindicar e abrir espaço para que o culpado realize a reparação. Quando isso não é feito, as coisas ficam em desordem.

O DANO É MAIOR QUANDO VOCÊ NÃO SE COLOCA

Às vezes a vítima pensa que apenas perdoar, sem deixar que o culpado realize a reparação é melhor. Essa postura pode causar mais dano a situação do que se pode imaginar.

Por isso, dê a oportunidade para que o culpado possa fazer a reparação.

CULPA DO ABORTO

“Se livrar da culpa do aborto não é tão simples quanto se confessar para padre.”

A constelação poderá trazer muito alívio, mas não será o suficiente, é preciso aprender a lidar com essa culpa.

VISUALIZAÇÃO PARA ALIVIAR A CULPA MATERNA

A culpa vem junto com a maternidade, compartilho com vocês uma visualização que fiz para reparar essa culpa que carregava dentro de mim. Muitas vezes a força da nossa realização vem da culpa.

COMO ELABORAR O LUTO DA PERDA DE UM FILHO.

“A perda de um filho é o luto mais desafiador.”

É preciso aprender a lidar com esse destino.

Envie um comentário

a

Ut enim ad minim veniam, nostrud exercitation ullamco laboris ut aliquip commodo consequat.

X